domingo, 23 de agosto de 2015

Ser humano escroto

Eu destruo tudo aquilo que me faz bem,
 o faço naturalmente porque essa parece ser minha maldição. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário